“ Eu estou a precisar de mimos, carinho, alguém que me dê beijos na testa e me proteja, alguém que me me faça sentir bem. Preciso de alguém que não me magoe e não me iluda. Necessito de abraços intensos, beijos verdadeiros. Alguém que não me abandone e me dê atenção, que fale com sinceridade. Alguém que transforme as minhas lágrimas em sorrisos e esteja sempre ao meu lado, especialmente quando eu mais precisar. Necessito de alguém atencioso, querido e que me respeite. Alguém que me ligue inesperadamente e me diga “amo-te”, mas que não o diga de boca para fora, que o sinta e acima de tudo que o demonstre. Não quero ter mais um desgosto amoroso, quero algo sólido, não quero uma relação passageira, quero alguém que não esteje comigo por interesse ou com segundas intenções, quero alguém que me ame de verdade. ”

—    its-better-this-way-maybe (via its-better-this-way-maybe)

(via myself-and-time-that-is-it)